Buscar
  • Dona Juanita

Desde quando a gente fuma maconha?

Feliz ano novo a todo mundo que acompanha nosso blog, loja e redes sociais, esse ano retomaremos nossas atividades com postagens no blog, começando com RESPOSTAS!


Na cabeça qualquer pessoa chapada já se passou a pergunta "Quem foi o gênio que inventou de fumar esse negócio?".


E a gente já sabe que provavelmente o uso fumado da planta não foi seu primeiro tipo de uso. As sementes de Cannabis têm um valor nutritivo bastante alto, e suas fibras são das mais resistentes, portanto tacar fogo nelas talvez não pareça o mais inteligente em um mundo de escassez de recursos, não é mesmo?


Porém, em algum momento isso aconteceu, e em 2019 foi publicado um artigo em uma das maiores revistas científicas do mundo (uau!), a Science, com uma descoberta arqueológica fundamental pra gente entender a origem do uso fumado da Cannabis.


(Lembrando a todes que artigos científicos são as melhores fontes de informação que podemos ter, por terem de passar por um critério rigoroso para publicação.)


O artigo aponta que há pelo menos 2500 anos a Cannabis é fumada. A descoberta que permitiu essa constatação foi uma descoberta arqueológica de baseiros de madeira, que com o uso de análises fitoquímicas (utilizando de uma técnica chamada GC-MS) demonstrou conter resíduos de Cannabis. Esses resíduos encontrados sugerem que o uso ritualístico era feito em momentos parecidos com funerais, chamados rituais mortuários. A Cannabis era depositada em braseiros de madeira e queimada.


Foram encontrados os compostos CBN, CBD e CBL na parte interior dos braseiros, mas não na parte exterior, o que sugere que as plantas de Cannabis foram colocadas intencionalmente nos braseiros com pedras quentes. O CBN é o metabólito oxidativo do THC (é o que o THC se torna quando exposto ao ar, variação de temperatura e outros), e o THC que muitos já conhecem é o psicoativo mais potente da Cannabis. A proporção dessas moléculas encontradas indica que as plantas queimadas tinham níveis de THC mais altos que as plantas selvagens, servindo como evidência de que naquele momento as plantas já eram cultivadas e selecionadas para apresentarem níveis mais altos de THC, ou seja, há 2500 anos a Cannabis já havia sido domesticada ou eram escolhidas para o ritual plantas que tivessem maiores níveis da substância (os níveis de substâncias psicoativas diferem de uma planta para outra e entre cada parte da planta).


Outro fato interessante da descoberta é que nenhuma semente foi encontrada junto ao material, indicando que ou as sementes eram removidas (por não conterem os compostos secundários desejados), que não haviam sido produzidas sementes por aquelas plantas ou que partes da planta que não as flores eram queimadas.


Ainda não sabemos quem teve a ideia de fumar Cannabis, mas agora já temos certeza de que há 2500 anos a planta já era fumada, que provavelmente já era domesticada e que tinha altos níveis de psicoativos. Agradecemos imensamente a todes pesquisadores envolvidos nas pesquisas em Cannabis, vocês nos dão forças a continuar na luta pela legalização e regulamentação da planta.


Na imagem, um pouco de arte! A imagem é uma reprodução de uma pintura de Vincent Van Gogh, Kop van een skelet met brandende sigaret (Caveira de um esqueleto com um cigarro aceso, em português), que está no acervo permanente do Museu Van Gogh, em Amsterdam


whatsapp-social-media-icon-design-templa
whatsapp-social-media-icon-design-templa

Contato

Fale conosco pelos telefones
(16) 99408-4554
(12) 99766-0109

Dona Juanita Headshop. Preços e condições de pagamento sujeitos à alteração e exclusivos para compras online. Vendas sujeitas a confirmação de estoque e análise e validação dos dados. Entregas apenas para a cidade de São Carlos, com prazo de até 5 dias úteis após confirmação do pagamento. Fotos meramente ilustrativas.

Não possuímos loja física. Escritório: Al. das Crisandálias, 706, Cidade Jardim,  São Carlos - SP. CPF: 392.828.708-71